Paul Anka canta Diana, em gravação de 1957. Naquela época, em qualquer rua passávamos, essa música saía pelas janelas das casas. Foi um sucesso estrondoso (Carlos Alberto).