A festa apenas começada já acabou,
O céu não está mais conosco.
O nosso amor era a inveja de quem está sozinho,
Era meu orgulho, a tua alegria.

Foi tão grande que não sabe morrer,
Por isso canto, e canto ti.
A solidão que tu me deixastes
Eu a cultivo como uma flor.

Quem sabe se acabará,
Se um novo sonho a minha mão pegará,
Se a outra eu direi
As coisas que dizia a ti.

Mas hoje devo dizer que te quero bem,
Por isso canto, e canto ti.
Foi tão grande que não sabe morrer,
Por isso canto, e canto ti.

Quem sabe se acabará,
Se um novo sonho a minha mão pegará,
Se a outra eu direi
As coisas que dizia a ti.

Mas hoje devo dizer que te quero bem,
Por isso canto, e canto ti.
Foi tão grande que não sabe morrer,
Por isso canto, e canto ti.

Anúncios